13 de novembro de 2012

Manifestação de estivadores em Lisboa resulta em 4 detidos e carros danificados

Uma manifestação de estivadores hoje ao início da manhã, em Lisboa, resultou em confrontos com a PSP, tendo sido detidas quatro pessoas e danificadas várias viaturas, segundo a polícia, avançou o Público.
Segundo fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, a manifestação juntou cerca de 50 pessoas frente ao hotel Tivoli, no Parque das Nações, onde decorre o Forum Transportes Competitividade e Futuro, em que estão presentes representantes da Liscont e do Porto de Lisboa, entre outros.
«Por volta das 9:20, os ânimos exaltaram-se e houve apedrejamento dos elementos policiais, que estavam no local para garantir a ordem pública», disse a mesma fonte.
Na sequência dos incidentes, várias viaturas civis que estavam estacionadas no local ficaram danificadas.
A situação ficou «controlada por volta das 10:30», acrescentou a PSP, sem adiantar mais pormenores.
A manifestação ocorre em mais um dia de greve dos estivadores.
Para hoje está marcada uma reunião entre os operadores dos portos e a Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT), para a «clarificação» do acordo de 26 de Outubro que determinava os serviços mínimos para os protestos dos trabalhadores da estiva. Em causa está um dia de paralisação total convocado pelos trabalhadores da frente comum para 27 de Novembro.
O Sindicato dos Estivadores Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal, que tem liderado as contestações da frente comum às alterações na lei do trabalho portuário, emitiu na semana passada um pré-aviso de greve que vai estender as paralisações parciais nos portos de Lisboa, Setúbal, Aveiro e Figueira da Foz até 28 de Novembro.

2 comentários:

Fernando Gomes disse...


Caros Amigos e Companheiros:

A ser correcta a versão da polícia, é francamente vergonhoso o ocorrido! Os trabalhadores portuários ou estivadores, como agora parece estar na moda denominar, não devem manifestar-se como um bando de brigões, que na verdade a maioria significativa não é. Fazer e deixar passar essa imagem é bastante negativo.

Saudações Sindicais.
FGOMES

14 de Novembro de 2012

EstivadoresAveiro disse...

O senhor Gomes sabe melhor que niguém,que não é de agora esta forma de manifestação por parte dos estivadores. Sempre fomos acérrimos defensores do nosso posto de trabalho. No entanto, exageros são sempre acções a repensar.

Cumprimentos
O.Miguel08