27 de janeiro de 2015

" Revolução da madeira "

O topo de gama acabadinho de ser construido pelo colega Carlos Sousa. Uma bicicleta feita em madeira de freixo com um visual bastante agressivo. 5 *****


Carga de madeira

Carga de paletes de madeira no navio Cedeira pelo operador portuário AVEIPORT. Mais fotos no nosso facebook.




22 de janeiro de 2015

13,4% DE CRESCIMENTO EM 2014 Porto de Aveiro alcança novo máximo no tráfego de mercadorias

2014 foi mais um ano de recordes batidos no Porto de Aveiro, tendo-se aproximado dos 4,5 milhões de toneladas no total de mercadorias movimentas, o que constitui a melhor performance de sempre, com um crescimento de 13,42% face a 2013, ano onde se registou o anterior máximo.
A quantidade de mercadorias que chegaram ao Porto de Aveiro pelo seu ramal ferroviário cresceu 5,96% em relação a 2013 e 52,25% em relação 2012, o que garantiu uma cota modal ferroviária de 15,32%, valor que coloca o Porto de Aveiro acima da média portuguesa e ibérica neste importante indicador multimodal.
O fluxo de exportação foi responsável por 51,22% do total de mercadorias movimentadas em Aveiro, crescendo 16,61% (mais 327.991,30 ton) em relação a 2013 e 46,91% (mais 735.356,10 ton) face a 2012. As importações, que atingiram 48,78% do tráfego, num total de 2.193.309,50 ton, cresceram 10,25% (mais 203.976,20 ton) em comparação com 2013, e 25,24% (mais 441.990,50 ton) em relação a 2012.

21 de janeiro de 2015

Mais fotos do C 130

Avião C-130, proveniente do Gabão e com destino à OGMA, em Alverca. O avião da Força Aérea do Gabão foi fotografado por um colega de profissão do porto de Lisboa. Fotos retiradas do Facebook do "Minis Sagres"




No jornal Timoneiro da Gafanha da Nazaré


Pesagem dos contentores obrigatória em 2016

A pesagem dos contentores marítimos antes de embarque será obrigatória a partir de Julho de 2016 e da responsabilidade do carregador. Resta saber quem é o carregador.A obrigatoriedade da pesagem antecipada dos contentores marítimos resulta das alterações à Convenção Solas, aprovadas na última reunião do comité de segurança da Organização Marítima Internacional (IMO).O facto de entrar em vigor apenas em 2016 dá tempo ao mercado para se adaptar, mas também que as práticas actuais relativas à carga dos contentores – as boas e as más – perdurem mais18 meses.A verificação do peso bruto dos contentores poderá ser feita através da pesagem do contentor carregado, ou mediante a pesagem separada das mercadorias e materiais de acondicionamento colocados dentro do contentor.A verificação do peso dos contentores é da responsabilidade do carregador, que deverá comunicar essa informação atempadamente ao transportador marítimo e ao operador portuário. Sem essa informação o contentor não poderá ser embarcado.Mas subsistem dúvidas sobre a definição de carregador: o dono das cargas, o carregador do embarque ou qualquer pessoa em nome de quem tenha sido feito o contrato de contrato de transporte com a companhia de navegação… Na prática, corre-se ainda o risco de várias entidades poderem ser consideradas o carregador.  transportesenegocios

Roterdão movimentou 12,2 milhões de TEU

O movimento de contentores no porto de Roterdão cresceu 5,8% em 2014 e deverá subir 1% em 2015.No ano passado, foram ali movimentados 12,2 milhões de TEU, num crescimento que as autoridades do porto holandês atribuem à recuperação da economia europeia. Em volume, a carga contentorizada atingiu os 127,6 milhões de toneladas (mais 5,2%).Para este ano, a administração portuária antecipa uma subida de 1%. Os terminais de Maasvlakte II já estarão operacionais, mas os resultados da expansão da capacidade só deverão fazer-se notar em 2016.Em termos globais, a carga processada no maior porto europeu subiu 1%, em 2014, para 445 milhões de toneladas, e as previsões apontam um crescimento semelhante em 2015.No ano passado, a carga geral aumentou 12,1% para os 26 milhões de toneladas, com a carga ro-ro a crescer 8%, para 20 milhões de toneladas, essencialmente devido à recuperação económica do Reino Unido.A movimentação de granéis esteve em baixa: -0,7% nos sólidos, para um total de 88,6 milhões de toneladas, e -2,1% nos líquidos, para 202,5 milhões de toneladas.  transportesenegocios
 

Porto de Setúbal tem nova linha Ro-Ro semanal

Neste mês de janeiro, o porto de Setúbal passou a contar com uma nova linha de serviço regular em cargas Ro-Ro denominada “West Med Trade” a cargo do armador belga, EML – Euro Marine Logistics. A frequência é semanal, com escala regular todas as 2ªfeiras. A linha irá distribuir os veículos de exportação da VW, mas também irá exportar e importar outras marcas de automóveis.
A primeira escala, no dia 19 de janeiro, coube ao Ro-Ro “Aquarius Ace”, um navio de 175 metros e 36.615 GT. Os portos servidos pela linha são, para além de Setúbal, Barcelona, Santander (Espanha), Sheerness, Grimsby, White Hill Point, Tyne (Reino Unido) e Amesterdão (Holanda).
Atendendo a que a EML opera também outras diversas linhas regulares, designadamente a “Scan Baltic Trade” e a “East Med Trade”, o objetivo é de fazer do porto de Setúbal um “hub” para cargas rolantes de “cross trade” intercontinental, desde portos da Turquia até São Petersburgo na Rússia, com escalas em Emden (Alemanha), Zeebrugge (Bélgica), Le Havre (França), Tanger Med (Marrocos), Livorno (Itália) e Piréus (Grécia), com ligação entre as rotas do Atlântico, África, Ásia e as linhas do Mediterrâneo.
Os navios são agenciados pela Portmar – Agência de Navegação, Lda, que coordenará também a atividade comercial da nova linha em Portugal.

20 de janeiro de 2015

Cheio

Com rumo a UK e com carga diversificada, as fotos que mostram o porão do navio cheio até cima.

Embarcação de carga em chamas em Iskenderun, Turquia

Razões desconhecidas causaram um incêndio a bordo do navio "Retaj" com bandeira do Togo, enquanto o navio estava atracado em  Iskenderun , na Turquia. Segundo a imprensa turca, os bombeiros demorarm a conseguir controlar o incêndio. Pelas informações que nos chegam, a carga do navio era feno. felixstowedocker.blogspot
            

19 de janeiro de 2015

Acembex e Porto de Aveiro destacados em vídeo da PRICE

A Price - PRactical Implementation of Coexistence in Europe -, é um organismo europeu que estuda o fluxo de mercadorias não OGM no contexto do fluxo global de matérias primas. Fez um trabalho em Portugal, entrevistando: um produtor, a Agromais; um Importador comerciante, a Acembex;  e um utilizador, a Carneiro e Campos.
Veja a reportagem, que inclui, entre o minuto 3:50 e o minuto 8, belas imagens do Porto de Aveiro.
cpa

16 de janeiro de 2015

Aliança 2M estreia-se em Sines a 25 de Janeiro

Os primeiros navios da 2M, que junta a Maersk Line e a MSC, são esperados em Sines no próximo dia 25 do corrente, apurou o TRANSPORTES & NEGÓCIOS.

O acordo de partilha de navios entre os n.º 1 e n.º 2 do mundo no transporte marítimo de contentores arrancou oficialmente no início da semana corrente, com a partida do Munkebo Maersk, o novíssimo Triple-E da Maersk Line, do porto de Dalian, em direcção ao Norte da Europa.
Sines é o único porto português entre os 80 portos inscritos no network comum da Maersk Line e da MSC. Mas terá de esperar até ao próximo dia 24 para receber o primeiro serviço “conjunto”. Ou melhor, os dois primeiros serviços, em simultâneo.

Custou o braço do trabalhador


C-130 escalou o porto de Lisboa e subiu o Tejo

Lisboa foi o porto de escala de um avião C-130, proveniente do Gabão e com destino à OGMA, em Alverca. O avião da Força Aérea do Gabão chegou ao Terminal Multiusos do Poço do Bispo a bordo de um navio de carga geral e ali foi transferido para um batelão, que o levou, rio acima, até Alverca, onde vai ser reparado. A operação, inédita e de alguma complexidade, foi assegurada pelo Gruo ETE.
transportesenegocios 




Porto de Istambul

Uma menina de cinco anos de idade, morreu após um carro cair no mar ao tentar embarcar em num ferry que estava já a deixar um porto em Istambul, Turquia . Duas mulheres conseguiram escapar e nadar para a superfície , mas a menina e a sua avó tiveram que ser resgatadas por mergulhadores . A criança foi levada de emergência para o hospital , mas morreu mais tarde . Pensa-se que as escotilhas de ferry não foram fechadas corretamente. O capitão e mais duas pessoas foram presas por homicídio imprudente , mas já foram libertados .
        

14 de janeiro de 2015

Mas quem será?

A VENDA DA BANHA DA COBRA, VOLTOU A ESTAR NA MODA

Acentuaram-se ultimamente as intervenções dos representantes da Administração do Porto de Aveiro e da sua adjacente Comunidade Portuária, apregoando uma vã glória de crescimento daquele porto.

As loas mais não poderão servir que para enganar os mais incautos, os desatentos, ou os desconhecedores da realidade do porto de Aveiro.

Numa absoluta necessidade de defender o indefensável, associam sempre a este crescimento, a nova Taxa Específica de Movimentação de Carga (entrada em vigor em 01.09.2014), e também o licenciamento (apressado) de uma nova empresa de estiva, com pronúncia galega.

Muito curioso é o facto de ocultarem duas verdades inquestionáveis:

  1. O último quadrimestre de 2014 (pós entrada em vigor da Taxa de Movimentação de Carga) registou um decréscimo de 45%, relativamente à tonelagem operada no quadrimestre imediatamente anterior. Porque será?? Digam!!!

  1. A tão propalada nova empresa de estiva, após 6 meses completos de operação no porto de Aveiro, ainda não trouxe nem 1 kilo de carga nova para aquele porto. Repito para que não fiquem dúvidas: ainda não trouxe 1 kilo (reparem que não é uma tonelada), é 1 kilo de nova carga para o porto de Aveiro.

Razões que a razão desconhece, vão mantendo no poder a coxa administração do porto de Aveiro, que vai “vendendo” a sua banha da cobra, o melhor que pode e sabe

É tempo de começarem a divulgar aquilo que é a realidade do porto de Aveiro e deixarem de vulgarizar apenas aquilo que gostavam que fosse.

Os tempos vão mudando…


Eleutério Bettencourt
Açores

12 de janeiro de 2015

Porto de Roterdão - Making room for the future

            
O futuro traz-nos navios cada vez maiores,  os grandes portos como Roterdão preparam-se para o futuro, aumentando o espaço de manobra. O vídeo em timelapse demontra precisamente isso.