27 de dezembro de 2012

Governo diz que suspensão da greve dos estivadores não resulta de "contrapartidas"

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio  Monteiro, afirmou hoje que a decisão dos estivadores do centro e sul de  desconvocar a greve, marcada até 07 de janeiro, não resultou da oferta de  "qualquer contrapartida". 
"Não houve qualquer contrapartida oferecida", garantiu Sérgio Monteiro,  considerando que "os estivadores terão percebido que é com o regresso à  normalidade que estão melhor garantidos os postos de trabalho".  Em conferência de imprensa, no final do conselho de ministros, o governante  elogiou o "sentido de responsabilidade que os trabalhadores tiveram com  esta decisão". 
Sérgio Monteiro referiu ainda o "trabalho árduo com aqueles que apoiaram  o novo regime do trabalho portuário", que "foram refúgio da carga que devia  ser movimentada pelos portos que estavam em greve".  
As greves dos estivadores têm-se sucedido, desde setembro, nos portos  de Lisboa, Setúbal, Aveiro e Figueira da Foz.  
O Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul decidiu hoje terminar com  a greve parcial que estava marcada até 07 de janeiro, confirmou à Lusa o  diretor da Associação-Empresa de Trabalho Portuário de Lisboa (A-ETPL).
A decisão do Sindicato dos Estivadores foi tomada numa assembleia-geral  dos associados que decorreu esta manhã e tem efeitos a partir de sexta-feira.
"O sindicato teve hoje uma assembleia-geral de associados em que decidiram  levantar a greve sem condições a partir de amanhã  sexta-feira ", disse  à Lusa o diretor da (A-ETPL), Caldas Simões. 
Os estivadores estavam em sucessivas greves desde setembro contra o  novo regime do trabalho portuário, entretanto já aprovado na Assembleia  da República.  
Esta greve parcial abrangia os portos de Lisboa, Setúbal, Aveiro e Figueira  da Foz.  
Fontes do sindicato disseram à Lusa que está a ser preparado um comunicado  para explicar "as motivações da suspensão do processo".  

3 comentários:

Clube do Fitness disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clube do Fitness disse...

Afinal em que ficamos...

EstivadoresAveiro disse...

Ficamos com uma reunião marcada para as 10 horas para falar sobre o fim da greve.